novocartaoOs servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai) vão contar com um novo cartão de identidade funcional, que deverá atender a requisitos técnicos determinados pela Portaria nº 950/PRES/2020, em cumprimento ao Decreto nº 10.266/2020. A previsão é que todos os servidores recebam o novo cartão até o início de 2021. Clique e acesse a Portaria
De acordo com o coordenador-geral de Gestão de Pessoas, Paulo Henrique de Andrade, a padronização da identidade funcional atende a uma demanda antiga dos servidores. “Até então eles possuíam apenas crachá para identificar-se como agente público a serviço da instituição. O antigo crachá não traz qualquer elemento de segurança na sua confecção, o que pode levar facilmente a reprodução por pessoas não autorizadas”, afirma.

Andrade relata que outro aspecto a ser considerado “é a baixa qualidade de impressão do antigo crachá, que ao ser utilizado por servidor da Funai, poderia gerar desconfiança quanto à sua autenticidade. Além disso, o uso do crachá é voltado para identificação interna do servidor, não possuindo validade em todo território nacional, o que comprometeria seu uso por agentes da Funai fora das sedes da instituição”, explica. A ação foi capitaneada pela Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas sob as diretrizes do Presidente Marcelo Xavier.
O novo cartão de identidade funcional será emitido em formato físico e conterá os requisitos de qualidade e segurança próprios dos documentos oficiais de identificação e será destinado aos servidores efetivos, com prazo de validade indeterminada. Para servidores comissionados a validade será de dois anos. Estes documentos deverão ser produzidos por empresa especializada na confecção de documentos oficiais. Em parceria com a Coordenação-Geral de Recursos Logísticos (CGRL), a CGGP já iniciou os tramites processuais para a contratação da empresa.

Assessoria de Comunicação / Funai
com informações da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas (CGGP)